Terceirização de serviços de TI: 4 razões para aderir

Terceirização de serviços de TI: 4 razões para aderir

A terceirização de serviços de TI está cada vez mais presente em organizações de diversos portes e segmentos que precisam lidar com diferentes necessidades de consumo, aprimorar o seu negócio e reduzir despesas sem abrir mão da segurança e da qualidade.

Ao terceirizar o ambiente de TI, é possível liberar a equipe da complexidade operacional para que você possa concentrar na parte importante do negócio e criar novas oportunidades com o uso da tecnologia. Essa mudança no papel da TI, menos focada na manutenção e mais voltada à inovação é a resposta à demanda de um mercado competitivo e extremamente veloz.

Confira agora mais 3 benefícios que justificam a contratação de uma empresa especializada para cuidar da sua TI:

 

Economia

As empresas podem reduzir seus custos recorrentes com a contratação de profissionais especializados e de toda estrutura necessária para uma demanda específica. É financeiramente inviável contratar profissionais que dominem diversas especialidades da área de TI e arcar com todas as certificações para o aprendizado contínuo. Ao terceirizar a TI, você pode focar seus recursos para otimizar a sua estratégia.

 

Qualidade, velocidade e tranquilidade

Ao contratar uma empresa para gerir todo ou parte do seu setor de TI, além de ter acesso às melhores práticas de processos e visão de tendências, você terá à sua disposição uma equipe de especialistas dedicada para a atender a sua demanda com a máxima qualidade, quando e onde for necessário.

 

Segurança e Disponibilidade

Quando se tem um parceiro com um grau de maturidade elevado da TI para gerenciar seu ambiente, aumenta-se a segurança e disponibilidade dos dados da empresa. O seu negócio passará a ter rotinas de proteção que eliminam as vulnerabilidades e auxiliam na criação de uma infraestrutura monitorada e com alto desempenho para a continuidade do negócio. 

 

Essas são algumas das principais razões para você terceirizar a sua TI. Com os avanços tecnológicos é preciso adaptar os seus recursos técnicos e a infraestrutura para encarar os seus concorrentes e antecipar as demandas do mercado. Converse com a Portnet! São mais de 13 anos de experiência no mercado de TI.

 

 

8 formas de levar a sua equipe de TI a pensar de forma estratégica

8 formas de levar a sua equipe de TI a pensar de forma estratégica

As equipes de Infraestrutura e Operações de TI necessitam pensar de maneira mais estratégica, alerta o Gartner. É vital que não estejam apenas prontos para ajudar a implementar uma nova direção corporativa, antes que a concorrência o faça, mas também criem datacenters ágeis e uma infraestrutura que seja robusta o suficiente para lidar com a enorme variedade de demandas futuras.

As equipes de I&O devem estudar e entender as tendências que estão mudando as suas indústrias e as suas empresas, e analisar como isso afetará o planejamento de TI nos próximos anos. Ao banir o pensamento repetitivo e enfatizar as inter-relações, eles podem explorar novas maneiras de implementar e gerenciar componentes de TI como parte de um contexto mais amplo.

O Gartner indica oito princípios que ajudarão os times de Infraestrutura e Operações de TI (I&O) a se tornarem mais conscientes do amplo cenário ao tomar suas decisões em projetos de TI.

As dicas também devem ajudar as empresas a serem mais estratégicas ao discutir diferentes opções de como configurar e gerir seus datacenters e as operações de TI com a equipe de Tecnologia da Informação e de Negócios. Confira:

  • Pense de maneira muito crítica e certifique-se de ter uma compreensão total do problema antes de tomar a decisão, e permaneça perguntando o porquê dessa situação até achar a resposta correta. Assegure que as decisões tomadas sejam comunicadas facilmente.
  • Quantifique, mesmo o que não pode ser quantificado e analise o custo total de propriedade e o fluxo de caixa descontado para ir além de apenas avaliar os aspectos técnicos de qualquer investimento ou decisão. Para questões que não sejam quantificadas, aplique uma análise de classificação ponderada de múltiplos níveis.
  • Prefira trabalhar de cima para baixo ao invés de baixo para cima para criar uma hipótese sobre adequação de qualquer decisão, depois teste e modifique-o sistematicamente, conforme mais análises sejam realizadas e mais fatos sejam revelados.
  • Trabalhe “de fora para dentro”: a tecnologia deve vir por último e não como primeiro para analisar como as megatendências, a estratégia corporativa e a direção da empresa, assim como a maneira como os papéis estão mudando para implementar a estratégia que estão definindo as decisões tecnológicas. Como resultado, a tecnologia deve ser examinada por último ao invés de primeiro lugar.

“Analisar megatendências é um exemplo de como começar uma abordagem ‘de fora para dentro’ e, a partir disso, desenvolver uma estratégia de Infraestrutura e Operações de TI que examine a tecnologia por último, e não como primeiro item”, explica Andrew Butler, Vice-Presidente e Analista Emérito do Gartner.

  • Integre e sistematize soluções as inter-relações de ênfase, pensando no “sistema” em primeiro, enfatizando a funcionalidade, integração e inter-relações de componentes em um Data Center. Isso tornará com que seja muito mais provável a produção de uma solução ágil, ao invés de uma com componentes de alta qualidade.
  • Tenha uma visão longínqua, rapidamente, e desenvolva rapidamente um plano estratégico de alto nível e um mapa de roteiro (idealmente em um dia). Isso fornecerá uma estrutura estratégica para testar e redefinir.
  • Faça contato: colabore e comunique em uma base contínua, oferecendo boas-vindas a todos. Quanto mais pontos de vista pode atrair, mais é possível comparar orientações para chegar à solução correta. Articule sua posição claramente, de maneira sucinta e com maior impacto visual

 

Fonte: Gartner, cio.com.br

 

Descubra como avaliar a infraestrutura de TI da sua empresa

Descubra como avaliar a infraestrutura de TI da sua empresa

Você sabe dizer com confiança qual é o estado da sua infraestrutura de TI hoje? Quanto mais o setor vem ganhando importância dentro das empresas, mais fundamental se torna um diagnóstico completo e confiável.

Mas como fazer uma avaliação que te ajude a identificar obstáculos e oportunidades para o futuro do seu negócio? Vamos responder a essa pergunta listando os tópicos principais para você ficar de olho:

 

Entenda a importância da TI

O primeiro passo para avaliar a sua infraestrutura tecnológica é entender o quão importante esse estudo se tornou no mercado atual. A TI hoje ocupa um papel central nas ambições estratégicas de qualquer empresa, pois passou de um departamento administrativo para ser o meio pelo qual CEOs e empresários encontram soluções e implementam inovações para ganhar vantagens competitivas.

Essa transformação digital no mundo corporativo pode significar um novo rumo de crescimento ou a obsolescência completa, tudo depende da sua capacidade de avaliar corretamente a infraestrutura de TI para que ela indique como apontar o navio para a rota certa.

 

Crie e faça uso de indicadores de performance

Do mesmo jeito que indicadores de performance são utilizados para entender a saúde geral de uma empresa, eles também podem existir na avaliação de desempenho da sua estrutura de TI.

Estabeleça a coleta de dados que indiquem questões como produtividade, tempo de resolução de problemas, quantos chamados são abertos, disponibilidade e, principalmente, a satisfação dos usuários.

Monitorar esses indicadores é a melhor forma de não só fazer uma avaliação pontual e completa da infraestrutura, como facilitar a sua visão geral do sistema no futuro, com constância e agilidade para fazer ajustes quando necessário.

 

Avalie também os riscos

Avaliar uma infraestrutura de TI significa também descobrir quais riscos ela corre: podem ser ameaças externas, ataques e invasões, mas principalmente quais são as chances do sistema falhar e por quanto tempo ele ficaria indisponível até que pudesse ser recuperado.

 

Identifique a origem dos gastos com a infraestrutura de TI

Outro lado dessa avaliação de performance e patrimônio é saber quanto custa manter toda a infraestrutura funcionando e discriminar esses gastos para entender melhor como esse investimento é aplicado.

Quantas operações são feitas in-house? Quanta flexibilidade você tem para realocar capital tecnológico? Quais são as oportunidades de investir em tecnologia que estão sendo desperdiçadas porque minha infraestrutura está engessada em um modelo muito tradicional?

Entender questões como essas pode levar o CEO a insights que evitem até que a sua empresa seja atropelada pela concorrência, ao se adiantar a esses problemas com investimentos assertivos e novas estratégias de negócio.

 

Procure ajuda especializada

Por último, que tal um pouco de ajuda? Por mais capacitada que seja sua equipe de TI, dificilmente uma empresa por si só tem tempo e mão de obra suficiente para fazer uma avaliação completa e focada, que una todos os tópicos acima em um relatório definitivo.

É por isso que muitos diretores e empresários buscam ajuda especializada através de parcerias e consultorias, com profissionais que têm expertise nesse tipo de diagnóstico. Além de economizar tempo e dinheiro, você tem no final um resultado muito mais confiável e com todas as ferramentas necessárias para fazer sua empresa crescer.

A infraestrutura de TI hoje tem esse poder de possibilitar novas soluções e estratégias que te coloquem um passo à frente da concorrência!

É isso que você está procurando agora? Então entre em contato com a Portnet e vamos juntos fazer uma avaliação completa do seu ambiente de TI!